Conheça 7 benefícios da factoring para o capital de giro da sua empresa

inanças e orçamentação, empresário empilhando moedas na mesa de escritório

O factoring é uma excelente estratégia para levantar recursos a curto/médio prazo como capital de giro, sendo uma tática utilizada por empresas de pequeno e médio porte e que vem trazendo resultados bastante satisfatórios.

Nesse sentido, hoje explicaremos detalhadamente o que é factoring e capital de giro e quais os principais benefícios dessa prática. Acompanhe.

O que é capital de giro?

A princípio, manter o capital de giro da sua empresa em ordem é uma tarefa extremamente importante e que precisa ser tratada com muita atenção. Isso porque essa ferramenta está diretamente relacionada à saúde financeira da sua empresa, já que ela representa todo dinheiro necessário em caixa para que o seu negócio continue operando normalmente.

Por vezes, diversos empresários só percebem a sua importância na hora do aperto. Logo, ao realizar sua análise financeira prévia, não se esqueça de inserir o capital de giro como item obrigatório.

Por fim, veja alguns motivos pelo qual você precisa se atentar a esse recurso:

  • O capital de giro garante que seus funcionários, fornecedores e todas as suas obrigações legais sejam quitadas dentro do prazo;
  • Contribui para que a sua empresa continue obtendo lucro de forma contínua, podendo esse lucro ser utilizado para fazer investimentos visando expandir seu negócio;
  • Mantém o caixa positivo: ter sempre um valor em caixa para qualquer imprevisto evita sustos ao empreendedor e, claro, prejuízos.

Como a factoring impacta o capital de giro?

Antes de tudo, para explicar como turbinar seu capital de giro por meio do factoring, primeiro, você precisa entender o que é uma factoring.

Assim, o fomento mercantil – nome pelo qual essa operação financeira também é conhecida – nada mais é do que a antecipação dos direitos creditórios (via duplicata, cheques, notas promissórias…) oriundas de transações mercantis, mediante o pagamento de uma taxa. Em outras palavras, as transações mercantis (vendas) realizadas a prazo, são antecipadas e recebidas à vista, permitindo assim que o capital de giro da empresa se mantenha saudável.

Empresas de pequeno e médio porte que necessitam turbinar seu capital de giro, frequentemente, recorrem a empréstimos para sanar a situação. Entretanto, as altas taxas de juros contidos nessas operações podem acabar prejudicando o fluxo de caixa e agravando ainda mais o problema.

Desse modo, o factoring se mostra uma excelente solução, afinal, a incidência de taxas sobre essas operações é muito menor, além de proporcionar uma capitalização antes da data prevista para recebê-la.

7 benefícios do factoring para o capital de giro

1. Crédito rápido e flexível

A operação de factoring acontece de forma rápida e bastante eficiente, com a liberação a vista do montante apurado na operação. Normalmente, é realizada uma análise do cliente e dos títulos em questão.

Em síntese, a vantagem desse procedimento fica por conta da sua flexibilidade, que libera os valores solicitados para a sua empresa mesmo que ela possua algum tipo de restrição em outras instituições.

2. Facilidade no fechamento de contratos

Atualmente, grande parte das contratações são realizadas via internet, e com a solicitação de operação de factoring não poderia ser diferente. Logo, caso você já tenha passado pelo processo de cadastro de avaliação – que inclui a visita presencial à empresa – a entrega de documentos, assinaturas e contratos, as operações podem ser feitas online.

3. Mais acessível

Conforme já falamos anteriormente, a solicitação de empréstimos e o uso do cartão de crédito para resolver problemas de caixa da sua empresa, por vezes, acaba se mostrando uma péssima ideia, devido toda burocracia envolvendo essas operações e as altas taxas de juros que as acompanham.

Além disso, diferente dos empréstimos, o factoring não exige nenhuma antecedência na hora de fechar contrato, fazendo com que você não precise gastar dinheiro sem necessidade.

4. Diminui a inadimplência

A inadimplência é caracterizada pela falta de cumprimento de uma determinada obrigação financeira. Em suma, o factoring traz uma sobrevida ao seu caixa, antecipando boa parte dos valores que a sua empresa tem a receber. Com o seu fluxo de caixa funcionando perfeitamente, você não precisará fazer financiamentos com capital de terceiros, além de conseguir arcar com os seus pagamentos de maneira adequada.

5. Redução de custos

Como se sabe, os custos das operações de crédito costumam ser bastante elevados, muito em função da burocracia por detrás desses procedimentos. As operações de factoring possuem uma estrutura mais enxuta e com muito menos trâmites burocráticos, permitindo que os custos sejam muito menores.

Logo, quando os custos são inferiores, a empresa tomadora pode aproveitar o recurso disponível em caixa e usar o capital de giro por mais tempo, mantendo o foco no que é estratégico para o seu crescimento.

6. Gestão de cobrança terceirizada

Veja que, ao optar pelo factoring, os seus recebíveis são transferidos para a empresa de  factoring, onde os títulos só voltam para o cedente original em caso de inadimplência e através de uma operação de recompra. Isso permite que você consiga focar em outros pontos vitais para o crescimento da sua empresa, como a qualificação dos seus funcionários e o aumento da produtividade.

7. Agilidade nas operações

Por último, outro grande benefício do capital de giro factoring é a proximidade que as empresas que oferecem esse tipo de serviço têm dos seus clientes, o que facilita a condução de um processo mais ágil e eficaz.

O mesmo não acontece nos bancos e cooperativas, que contam com estruturas complexas e difíceis de lidar. Assim, o capital de giro factoring não demanda um grande volume de tempo, documentos e energia para ter acesso ao recurso financeiro desejado.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x