Por que as empresas quebram? Confira os principais motivos e se prepare!

Você já se perguntou por que as empresas quebram? O mundo empresarial é um terreno instável, com muitos altos e baixos. Muitas empresas são abertas com grandes expectativas, mas acabam fechando suas portas depois de um curto período de tempo.

De acordo com estudos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), 25% das empresas não conseguem completar dois anos de atividade no Brasil. E a taxa de mortalidade das empresas tem aumentado em decorrência da pandemia, que fechou muitos negócios em 2020 e 2021.

Neste artigo, vamos destacar alguns dos principais motivos pelos quais as empresas quebram e o que pode ser feito para evitá-los. Acompanhe!

4 Motivos pelos quais empresas quebram

Embora seja impossível evitar completamente o fracasso empresarial, entender os principais motivos pelos quais as empresas quebram pode ajudar os empresários a se prepararem e minimizarem as chances de que isso aconteça com seu próprio negócio. Acompanhe alguns exemplos abaixo:

1. Falta de um plano de negócios

Um dos principais motivos pelos quais as empresas quebram é a falta de um plano de negócios. Isso ocorre porque muitos empresários têm uma ideia brilhante para um produto ou serviço e começam a trabalhar nela sem ter um plano completo.

Um plano de negócios é essencial para garantir que o empresário tenha uma visão clara do que ele espera alcançar com seu negócio, quem são seus concorrentes, quais são as tendências do mercado e como ele vai lidar com as finanças e marketing do negócio.

Para evitar este problema, é importante que os empresários dediquem tempo para criar um plano de negócios. Este plano deve incluir metas de curto e longo prazo, uma análise detalhada da concorrência, uma estratégia de marketing, um plano financeiro e uma análise de risco.

2. Não acompanhar a necessidade do mercado e do público

Outro motivo comum pelo qual as empresas quebram é a falta de acompanhamento das necessidades do mercado e do público.

Muitos empresários pensam que podem continuar fazendo negócios da mesma maneira que sempre fizeram, sem perceber que o mercado e as necessidades dos clientes estão em constante mudança. Isso pode levar a uma queda nas vendas e, eventualmente, à falência da empresa.

Para evitar esse problema, os empresários devem estar sempre atualizados sobre as tendências do mercado e as necessidades dos clientes. Isso pode ser feito através de pesquisa de mercado, conversas com clientes e participação em eventos do setor.

3. Não ter controle financeiro ou misturar as despesas pessoais e profissionais

Um dos maiores erros que os empresários cometem é misturar as finanças pessoais e profissionais. Isso pode ser uma grande fonte de estresse e pode levar à falência do negócio. É importante que os empresários tenham um controle financeiro rigoroso e separar as despesas pessoais das despesas do negócio.

Para evitar este problema, é importante manter registros financeiros precisos e atualizados, bem como ter uma conta bancária separada para a empresa. Além disso, é importante estabelecer um orçamento para o negócio e monitorá-lo regularmente.

Isso ajudará a garantir que a empresa esteja operando dentro de suas possibilidades financeiras e evitará que as despesas pessoais prejudiquem as finanças do negócio.

4. Falta de conhecimento em gestão de negócios

Muitos empresários começam um negócio porque têm habilidades específicas em uma determinada área, como produção ou desenvolvimento de produtos, mas não possuem habilidades de gestão de negócios. Isso pode levar a problemas como a falta de planejamento financeiro, gerenciamento inadequado e falhas na tomada de decisões.

Para evitar este problema, é importante que os empresários busquem desenvolver habilidades em gestão de negócios. Isso pode ser feito através de cursos de gestão, mentoria ou especialização empresarial. Também é possível contratar um profissional de gestão para ajudar no planejamento e gerenciamento do negócio.

Como se preparar para evitar o fechamento do negócio

Para se preparar para evitar o fechamento do negócio, os empresários precisam estar atentos a esses principais motivos pelos quais as empresas quebram e trabalhar em estratégias para evitá-los. Algumas das estratégias mais importantes incluem:

  • Estudar o mercado e o público: É importante manter-se atualizado sobre as tendências do mercado e as necessidades dos clientes para garantir que o negócio esteja atendendo às demandas do público e se destacando da concorrência.
  • Criar um planejamento a longo prazo: É importante que os empresários tenham um plano de negócios a longo prazo que inclua metas e estratégias claras para o crescimento e desenvolvimento do negócio. Este plano deve abranger finanças, contabilidade e marketing.
  • Controlar as finanças: É essencial que os empresários tenham um controle financeiro rigoroso e separem as despesas pessoais das despesas do negócio. Isso garantirá que o negócio esteja operando dentro de suas possibilidades financeiras e evitará problemas de fluxo de caixa.
  • Buscar ajuda profissional: Os empresários podem se beneficiar de mentoria, coaching empresarial ou contratação de um profissional de gestão para ajudar no planejamento e gerenciamento do negócio.

Vantagens e novas possibilidades

Embora a falência seja uma possibilidade real para muitas empresas, é importante lembrar que isso também pode abrir novas possibilidades e oportunidades. Por exemplo, a experiência adquirida na gestão de um negócio fracassado pode ajudar a preparar os empresários para futuros empreendimentos.

Além disso, muitos empresários descobrem que a falência é uma oportunidade para reavaliar suas prioridades e encontrar novas direções.

Conclusão

Em resumo, existem vários motivos pelos quais as empresas quebram, incluindo a falta de um plano de negócios, a falta de acompanhamento das necessidades do mercado e do público, a falta de controle financeiro e a falta de conhecimento em gestão de negócios.

Para evitar o fechamento do negócio, é importante que os empresários estudem o mercado e o público, criem um planejamento a longo prazo, controlem as finanças e busquem ajuda profissional. É importante lembrar que a falência pode ser uma oportunidade para aprender e crescer como empresário e abrir novas possibilidades e oportunidades.

Compreender os motivos pelos quais as empresas quebram é fundamental para evitar que isso aconteça com o seu negócio.

Ao seguir as estratégias discutidas neste artigo e manter-se atualizado sobre as tendências do mercado e as necessidades dos clientes, os empresários podem aumentar suas chances de sucesso e garantir que seus negócios sejam bem-sucedidos a longo prazo.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Aniversário Decisão Sistemas | 50% de desconto nas primeiras 2 mensalidades

0
Would love your thoughts, please comment.x