Conheça os principais tipos de factoring

Uma coisa é certa: empreendendo você vai correr riscos. Sobretudo, quando ainda não tem tanta estrutura para lidar com os percalços que podem surgir a qualquer momento. Dessa forma, conhecer os tipos de operação de factoring é fundamental.

Factoring ou fomento mercantil é um meio de alavancar o desenvolvimento de pequenas e médias empresas, ainda que elas encontrem dificuldades em algum dos aspectos do seu negócio, como, por exemplo:

  • burocracia para obter crédito;
  • juros elevados;
  • clientes inadimplentes.

Isso porque, ajuda a empresa em um de seus maiores gargalos: fluxo de caixa. É a liquidez financeira que o empreendimento possui que garante a operação bem-sucedida e contínua do negócio.

Assim, em momentos em que o fluxo está sendo interrompido por algum motivo, contratar o factoring fará toda a diferença, te dando a estabilidade necessária para se consolidar no mercado.

Logo abaixo, entenda mais sobre como essa solução funciona, além dos principais tipos de factoring. Sem dúvidas, o controle financeiro da sua empresa vai melhorar por meio deste tipo de operação.

O que é factoring?

A principal operação de factoring é antecipar os valores das vendas a prazo da sua empresa. É comum acontecer de um cliente ter pendências com seu negócio ou o tempo para o pagamento não ser o ideal, considerando os compromissos que você precisa honrar em uma data próxima, por exemplo.

Nesse sentido, o factoring aparece como uma ótima solução, disponibilizando uma fácil capitalização por meio da venda dos seus títulos de créditos. Assim, o fluxo de caixa da sua empresa passa a funcionar como deve, porque você não precisa depender de pagamentos pontuais para ter liquidez.

A operação de factoring é bem simples: você começa com um contrato entre sua empresa e a sociedade de factoring. Em seguida, cede os seus títulos de créditos a vencer e recebe os valores dos mesmos, com um deságio.

A partir de então, o factoring contratado fica responsável por gerenciar as contas a receber adquiridas e, eventualmente, cobrar dos sacados, em caso de inadimplências.

Quais os principais tipos de operações de factoring?

Dito isso, é hora de você conhecer os principais tipos de operações de factoring. Por mais que tenha a mesma finalidade, essa solução possui diferentes modalidades. E você deve compreendê-las para definir qual é a melhor, considerando características e necessidades da sua empresa. Confira!

Factoring Convencional

A modalidade operação convencional é um dos tipos de factoring mais comuns no Brasil. Ele consiste em adquirir títulos de créditos a vencer, por um valor a vista, com deságio e a factoring fica responsável por todo o processo de contas a receber e de cobrança dos títulos adquiridos.

Factoring Exportação

O factoring exportação intermedia operações comerciais de exportação de bens ou serviços entre a empresa exportadora e uma factoring do país destino. Dessa forma, duas empresas de factoring fazem a intermediação da operação, cada uma em seus respectivos países. Elas buscam assegurar a operacionalidade e liquidez do seu negócio.

Factoring Matéria-prima

Nesta modalidade de operação, a empresa de factoring atua como agente intermediário também, mas agora da relação comercial entre os fornecedores e compradores de matérias-primas.

O factoring paga à vista aos fornecedores de matérias e recebe parceladamente, em seus respectivos vencimentos, via títulos de créditos a vencer, dos compradores dos produtos acabados, os valores correspondentes.

Factoring Maturity

A operação Maturity é um pouco diferente das demais, pois funciona para além da aquisição de ativos para adiantar o pagamento de pendências. A factoring contratada cuida de partes administrativas, como gestão de contas a receber e a pagar e da cobrança, por exemplo.

Factoring Trustee

A operacão de factoring Trustee, por sua vez, é a opção mais completa entre os tipos de factoring. Ela reúne a modalidade convencional com a Maturity que citamos há pouco. Assim, a empresa de factoring contratada fica responsável por processos, como:

  • Contas a receber;
  • Contas a pagar;
  • Antecipação dos recebíveis.

Conclusão

Por fim, entendendo quais são os tipos de operações factoring mais comuns, não restam dúvidas para que você decida contratar essa solução. Como vimos, o factoring traz a liquidez necessária para o seu negócio, tornando-o independente de pagamentos pontuais para assegurar o funcionamento adequado do seu fluxo de caixa.

Do mesmo modo, possui modalidades variadas para atender características e necessidades da sua empresa da melhor maneira possível. Sendo um recurso inovador e estratégico para pequenos e médios empreendedores que precisam capitalizar e administrar seus recursos com mais eficiência.

Gostou deste conteúdo? Veja também: o que você precisa entender sobre a lei do factoring!

Artigos relacionados

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x