Como montar uma empresa de cobrança? (Tudo que você precisa saber para ter sucesso)

Oferecer crédito, especialmente face em uma economia não tão estável como a brasileira, é essencial para qualquer empresa que queira se manter ativa. No entanto, dar prazo para que os clientes paguem por um produto ou serviço possui riscos inerentes — o principal deles é a inadimplência.A inadimplência é um problema recorrente no cenário brasileiro. Em julho de 2020, o Serasa registrou 63,5 milhões de brasileiros inadimplentes. Mesmo com variações mês a mês, esse número nunca chega a zero, o que significa que empresas de todos os setores precisam se preparar para lidar com a inadimplência.

A principal forma de fazer isso é através da contratação de uma empresa de cobrança.

O setor de cobranças vem crescendo no país, na medida que a oferta de crédito também aumenta. Empresas buscam terceirizar esse serviço com o objetivo de maximizar a recuperação de crédito e evitar problemas judiciais.

Interessado em montar uma empresa de cobrança? No artigo de hoje, mostraremos todos os passos que você precisa tomar para montar a sua!

Como funciona uma empresa de cobrança?

Uma empresa de cobrança atua realizando a cobrança extrajudicial dos débitos de uma outra organização. Ela também pode atuar auxiliando em alguns casos de cobranças judiciais e na elaboração do cadastro de clientes.

Os benefícios de contratar uma empresa de cobrança para as organizações são muitos. Na maioria das vezes, a cobrança não é especialidade dos profissionais internos e a terceirização garante que agentes treinados façam a abordagem junto aos clientes.

Isso assegura o respeito às regras impostas pelo Código de Defesa do Consumidor, além de reduzir o tempo de recuperação, uma vez que empresas de cobranças são especializadas no assunto. Por sua vez, a organização pode focar em preservar a liquidez da empresa, atendendo aos gastos rotineiros sem afetar sua rentabilidade.

O mercado de empresas de cobrança

O crescimento das empresas de cobrança está invariavelmente ligado ao crescimento da oferta de crédito. Em outubro de 2020, o saldo das operações de crédito realizadas no país somou R$11,7 trilhões — um crescimento expressivo em relação aos R$1,7 bilhões registrados no mesmo período de 2010.

No entanto, com o crescimento do crédito, também há o crescimento da inadimplência, transformando as empresas de cobrança uma boa oportunidade de empreendimento. Isso fez com que o setor crescesse ao longo dos anos e, já no final de 2019, o Data Sebrae mostrou que o Brasil possuía 45.610 empresas de cobrança registradas.

Como montar uma empresa de cobrança

Agora, vamos ao que interessa: como montar uma empresa de cobrança.

Como vimos, o setor tem crescido ao longo dos anos, junto ao crescimento da oferta de crédito. Contudo, isso também significa mais concorrência e clientes mais exigentes quanto aos serviços prestados pelo escritório de cobrança.

Para que você já saia na frente, abaixo separamos um passo a passo com tudo que você precisa saber sobre como montar uma empresa de cobrança, além dos principais cuidados na hora de gerenciar o negócio depois que ele já estiver aberto. Vamos lá?

1. Faça o registro da empresa nos órgãos responsáveis

Os primeiro passos de como montar uma empresa de cobrança são semelhantes às etapas para iniciar qualquer outro negócio. Você precisa registrar a empresa na Junta Comercial de sua cidade e na Secretaria da Receita Federal para conseguir o seu CNPJ.

Além desses órgãos, o empreendedor deverá fazer o registro na:

  • Secretaria Estadual de Fazenda;
  • Prefeitura do Município para obter o alvará de funcionamento;
  • Caixa Econômica Federal, no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS”;
  • Corpo de Bombeiros.

A parte do registro comercial costuma ter diferenças de cidade para cidade. Recomendamos procurar no site da prefeitura da sua localidade informações específicas sobre como proceder.

2. Defina o tamanho da equipe e escolha as pessoas certas

Sua equipe de profissionais precisa ser criteriosamente escolhida, pois são eles que levarão a sua empresa adiante e manterão o bom funcionamento dela.

Em geral, para começar uma empresa de cobrança, você precisará de, pelo menos, oito funcionários, divididos da seguinte maneira:

  • 3 pessoas para atuarem como agentes na área de cobrança administrativa —serão eles que realizarão os contatos com os devedores;
  • 2 pessoas para a área administrativo-financeira do escritório de cobrança, para realizar a contabilidade do negócio;
  • 1 pessoa para atuar na área de cobrança jurídica, devendo ser, obrigatoriamente, um advogado;
  • 1 pessoa que será responsável por todo o escritório de cobrança (gerente), que pode ser você mesmo;
  • 1 pessoa que para atuar como auxiliar de serviços gerais e manter as boas condições do espaço do escritório.

Preze sempre por ter profissionais altamente capacitados e comprometidos, especialmente na hora de escolher seus agentes de cobrança. Eles devem saber trabalhar em equipe e estar familiarizados com o setor em que sua empresa atuará (caso você defina um nicho). Lembre-se: os agentes são a linha de frente do seu negócio.

3. Organize os fluxos de trabalho e o processo de cobrança

Existem alguns pontos que devem ser considerados para organizar os fluxos de trabalho da sua empresa de cobrança. São eles:

  1. Área de cobrança: os arquivo contendo as demandas de cada cliente por serviços de cobrança devem ser incluídos em um fluxo de trabalho dos agentes desse setor na empresa. Eles darão prosseguimento às atividades — para isso, é necessário estabelecer padrões de abordagem que serão seguidos pelos agentes. Cada agente deve ter seu espaço próprio e equipamentos necessários para o contato;
  2. Cobrança judicial: por mais que tente ser evitada, a cobrança judicial pode ser necessária em alguns casos. Também devem ser desenvolvidos padrões para esses casos, além de oferecer um espaço (ainda que virtual) que permita receber o inadimplente que busque um acordo para evitar a progressão da ação na esfera judicial;
  3. Gestão do escritório: aqui, você deve se preocupar com todas as atividades comuns à gestão administrativa de qualquer empresa, tais como contabilidade, gestão de fluxo de caixa, contratação, Recursos Humanos e projeções financeiras.

4. Invista na capacitação dos funcionários e agentes

A capacitação dos funcionários da empresa também deve estar no topo da sua lista de afazeres ao montar uma empresa de cobrança. A evolução da sua empresa está nas mãos dos profissionais que ficarão na linha de frente e mantê-los bem preparados e atualizados vai fazer toda a diferença.

Toda empresa de cobrança deve estar atenta aos parâmetros estabelecidos pela Lei 8.078/90, também conhecida como Código de Defesa do Consumidor.

Segundo o artigo n°42 da lei, “na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça”.

Todos os seus funcionários que fazem contato com o consumidor devem ser treinados quanto às boas práticas de abordagem, evitando a cobrança vexatória e utilizando táticas que assegurem a coleta do débito no menor tempo possível.

Veja mais >> Assessoria de cobrança: como treinar sua equipe para ter os melhores resultados

5. Automatize as tarefas com um software para gestão de cobranças

Automatizar a gestão da sua empresa de cobrança é fundamental para o bom funcionamento de todos os processos organizacionais. O uso de um software automatizado ainda permite otimizar seus resultados, uma vez que garante mais produtividade para sua equipe.

Hoje, no mercado, já existem diversos softwares destinados a escritórios de cobranças, então não deixe de pesquisar e contratar o que melhor atenda às suas necessidades e promova um melhor desenvolvimento das atividades da sua empresa.

Lembre-se que o software deve possibilitar o cadastramento de todas as empresas contratantes, permitir a definição de critérios de cobrança por credor, facilitar a realização de cálculos e o acompanhamento em tempo real pelos agentes, se integrar ao sistema de bancos para emissão de boletos e oferecer relatórios para que a gestão acompanhe o desempenho do negócio.

Sua nova jornada empreendedora não será fácil, porém, atentando-se aos detalhes de como montar uma empresa de cobrança, seu negócio tem tudo para crescer e se destacar no mercado!

Gostou do nosso artigo? Assine nossa newsletter para continuar recebendo dicas de como gerenciar bem sua empresa de cobrança!

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Felipe Moço
Felipe Moço
3 anos atrás

Boa tarde! Eu já tenho um enorme Call centre, onde estou disposto a mudar meu produto. Hoje trabalho com empréstimo consignado, porém gostaria de começar a trabalhar com cobranças. Gostaria de umas dicas. Poderiam me dar esse suporte?

Carlos José
Carlos José
1 mês atrás

Excelente artigo!

Aniversário Decisão Sistemas | 50% de desconto nas primeiras 2 mensalidades

3
0
Would love your thoughts, please comment.x