Negociação de dívidas, como fazer?

Ao realizar uma abordagem de cobrança, é necessário respeitar os limites do Código de Defesa do Consumidor, porém ir além, aprender sobre os direitos que o credor possuir e a legitimidade da cobrança.

O profissional de cobrança deve ficar atento às boas maneiras ao cobrar, porém não deve demonstrar fragilidade na cobrança. Para demonstrar firmeza, o profissional precisará conhecer os princípios fundamentais da cobrança.

 

A negociação

Avalie o histórico do cliente, defina a margem de negociação e somente após essa avaliação entre em contato com o devedor.

O seu contato deve incentivar o pagamento da dívida, logo as condições precisam ser atrativas e não tão vantajosas a ponto de estimular o atraso nos pagamentos.

Demonstre sua intenção de ajudar, porém antes de negociar escute as justificativas do atraso e entenda as verdadeiras intenções do devedor. Caso o devedor não tenha intenção real de pagar a dívida, não há facilidades que sejam ofertadas que o farão pagar.

Porém, caso entenda que o devedor tem real intenção de pagar, então flexibilize a cobrança a ponto de receber a dívida e manter o cliente ativo.

Portanto defina sua estratégia de cobrança e bons negócios!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x