Qual o melhor momento para abrir uma factoring?

De antemão, saiba que antes de abrir uma factoring é necessário se atentar a alguns pontos fundamentais que te ajudarão a entender qual o melhor momento para fazê-lo e se esse é um tipo de empreendimento que combina com o seu perfil.

Assim, nesse texto falaremos sobre quais aspectos você precisa analisar antes de abrir uma factoring para que as suas chances de sucesso sejam ainda maiores.

O que é factoring?

O fomento mercantil – como também é chamado essa operação – acontece quando empresas adquirem direitos creditórios à vista através de acréscimo de taxas e juros, por vendas que foram realizadas a prazo.

Veja que é normal organizações que precisam de capital de giro optarem por esse tipo de operação, já que os valores das vendas parceladas são adiantados, trazendo um fôlego maior para o caixa.

Como sabemos, empreendedores de médio e pequeno porte que se encontram com o seu capital de giro em situação delicada, invariavelmente, acabam optando por modalidades de crédito mais convencionais, como os empréstimos bancários e o cartão de crédito.

Contudo, devido às altas taxas de juros cobradas nessas operações, muitas vezes o empresário acaba se envolvendo numa situação pior do que a que ele havia entrado, dificultando ainda mais a recuperação do fluxo de caixa da empresa.

Dessa forma, a factoring se mostra uma excelente alternativa para esses casos, isso se levarmos em consideração a capitalização proporcionada por essas operações a curto prazo.

Como abrir uma factoring?

Faça um planejamento

O primeiro passo para abrir uma factoring é montar um planejamento coeso e bem estruturado. É aqui que você coloca no papel todos os detalhes importantes do seu projeto, como por exemplo o valor disponível para investimento, público-alvo, time de colaboradores e estratégias para captação de clientes.

Em suma, ao definir os aspectos vitais do seu projeto, ficará mais fácil estabelecer um planejamento estratégico eficiente e colocar em prática o seu plano de ação.

Tenha um local definido

É imprescindível que você possua um lugar para receber e atender aos clientes. Logo, busque por locais de fácil acesso ao seu público-alvo, de preferência nos grandes centros. Além disso, observe se o lugar oferece infraestrutura básica e uma área de estacionamento em frente ao local ou nos arredores.

Conheça os impostos e as necessidades legais

Tão importante quanto abrir uma factoring, é estar atento às obrigações legais que envolvem esse negócio. Assim, não se esqueça de contratar um advogado e um contador e dar entrada na documentação necessária para manter sua factoring em ordem. Do contrário, você poderá ter sérios problemas com a receita e diferentes órgãos federais, o que poderá resultar na aplicação de multas e sanções.

Saiba quanto precisará investir

Antes de tudo, entenda que não existe uma quantia exata para abrir uma factoring, podendo variar de acordo com cada caso. Entretanto, especialistas recomendam que o valor inicial seja de pelo menos R$ 500.000,00.

Dito isso, organize-se financeiramente antes de dar esse passo e separe uma reserva de emergência como precaução. Montar uma sociedade pode ajudar a dividir os custos e agilizar o processo de abertura.

Encontre seu time

No início, não é necessário contratar muitas pessoas para te ajudar a tocar seu projeto. O importante é que os envolvidos possuam desenvoltura para lidar com seus clientes e oferecer um bom atendimento.

Tenha em mente que seu cliente precisa se sentir seguro ao se relacionar com a sua factoring, ao passo que as informações repassadas precisam transmitir segurança. Portanto, treine seu time para que o serviço seja muito bem-feito.

Como saber qual o momento ideal para abrir uma factoring?

Mercado favorável

O mercado de factoring movimenta mais de 1 trilhão de euros no mundo inteiro ano após ano – No Brasil, esse número chega à casa dos 30 bilhões de reais. Além disso, essa categoria de operação financeira tem procura o ano todo, sobretudo, em períodos de crise econômica. Logo, montar uma factoring nesse momento pode ser uma ótima ideia, uma vez que boa parte das empresas de pequeno e médio porte precisam de capital de giro.

Possui investimento?

Conforme havíamos comentado, o investimento inicial sugerido para abrir uma factoring gira em torno R$ 500.000, já incluindo nesse valor o investimento com estrutura, pessoal e capital de giro.

O empreendedor vai precisar de uma sala de ao menos 50m² para dar início às suas atividades, além da compra de computadores, mesas, impressoras e armários. Uma sala reservada para eventuais reuniões com clientes também é recomendada.

Capital de giro

Em resumo, o capital de giro é o dinheiro que a sua empresa precisa ter disponível em caixa para que ela consiga se manter ativa. Desse modo, faça um controle financeiro e revise os seus custos periodicamente, garantindo assim um capital de giro mais saudável para o seu negócio.

Seja confiante

Resolvido todos os trâmites legais que envolvem a abertura de uma factoring, lembre-se de trabalhar duro na prospecção de novos clientes, investir na qualificação dos seus colaboradores e confiar nos resultados de médio/longo prazo.

Afinal, devo abrir uma factoring?

Muito embora abrir uma factoring seja um negócio lucrativo, é preciso ter cautela antes de dar os seus primeiros passos. Isso porque manter uma factoring não é tão simples assim, sendo necessário dedicação, cautela, estudo de mercado e bastante resiliência. Desse modo, caso esteja disposto a se aventurar nessa área, procure se manter sempre atualizado e preparado para os mais variados desafios.

E então, gostou do conteúdo? Não se esqueça de visitar o nosso site e acessar o nosso blog para mais artigos como esse.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Aniversário Decisão Sistemas | 50% de desconto nas primeiras 2 mensalidades

0
Would love your thoughts, please comment.x