Contrato de factoring: tudo o que você precisar saber

contrato de factoring

Para muitas pessoas, o contrato de factoring pode parecer um pouco complexo, devido todas as suas características exclusivas e as obrigações atreladas a cada uma das partes envolvidas na operação.

Entretanto, nesse texto explicaremos como funciona o contrato de factoring, bem como detalharemos as responsabilidades da factoring e do faturalizado.

O que é um factoring?

O factoring, também chamado de fomento mercantil ou factoring, é uma operação financeira na qual uma a faturizadora compra de uma empresa faturizada, seus direitos creditórios (títulos de créditos a prazo) e paga à vista, com um desconto.

É um instituto do direito mercantil que tem por objetivo a prestação de serviços e o fornecimento de recursos para viabilizar a cadeia produtiva, de empresas comerciais e prestadoras de serviços, notadamente pequenas e médias empresas.

A operação é pactuada em contrato atípico onde são partes a sociedade de fomento mercantil e a empresa-cliente.

Pequenas e médias empresas com necessidades de caixa ou de capital de giro recorrem a esse tipo de operação com bastante frequência, para remediar sua situação financeira.

Mas, embora o factoring tenha se mostrado uma excelente opção aos micro e pequenos empreendedores, ainda assim, alguns preferem recorrer aos métodos de empréstimos tradicionais, como o bancário e o próprio cartão de crédito.

Acontece que, devido a alta taxa de juros oriunda dessas operações, a probabilidade da situação financeira dessas companhias piorar é muito grande. Logo, optar pela operação de factoring é fundamental para o desenvolvimento do negócio, dado a possibilidade de capitalização antes da data prevista e a baixa taxa de juros.

Quais as características de um contrato de factoring?

O contrato de factoring, basicamente, fica entre o desconto mercantil de título cambial e a cessão de crédito. Assim, temos uma modalidade contratual que não pode ser confundida com a operação de desconto de título, já que não existe responsabilidade regressiva contra o faturizado.

Podemos definir o contrato de factoring como bilateral ou sinalagmático, devido às obrigações geradas para ambas as partes. Se formos analisar o contrato de desconto, por exemplo, vemos claramente a distinção entre essas duas modalidades.

Isso porque na primeira operação, o agente financeiro pode cobrar do cedente caso o devedor esteja inadimplente.

Além disso, no contrato de factoring, uma vez liberados os recebíveis, não haverá possibilidade de regresso. Logo, quando for realizada a cobrança, este ato será realizado diretamente contra o sacado-devedor.

Por fim, o faturalizador e o faturalizado exercem funções completamente diferentes no contrato de factoring. Nesse sentido, podemos pontuar três obrigações do faturalizador: garantir o crédito, administrar os recebíveis e financiar o faturalizado.

Por outro lado, o faturalizador pode contestar ou até mesmo recusar os títulos ofertados pelo faturalizado – caso entenda que o devedor não é um bom pagador.

Com relação ao faturalizado, sua principal obrigação é arcar com as devidas remunerações do faturalizador e disponibilizar informações referentes aos créditos e os respectivos devedores.

Obrigações e direitos de um contrato factoring

Quando nos referimos aos elementos pessoais do contrato de factoring, devemos nos atentar às três partes que são o faturizador, faturizado e o devedor.

Em síntese, para que o contrato seja confeccionado, é necessário ter faturizador e faturizado. O contrato de factoring precisa ser de natureza empresarial, portanto, tanto o faturizado quanto o faturizador precisam ser empresários.

Importante ressaltar que o faturizador pode negociar com qualquer agente financeiro os créditos adquiridos do faturizado, realizando o devido desconto ou oferecendo como garantia de outras operações.

Em tal hipótese, o faturizador responde, regressivamente, perante o agente financeiro, pelos prejuízos na recuperação dos recebíveis. Essa operação não traz prejuízo algum ao faturizado, já que não possui nenhum tipo de responsabilidade com o terceiro eventual agente financeiro.

Por último, no que diz respeito ao devedor, este não precisa necessariamente ser um empresário, nem mesmo uma pessoa jurídica.

A faturização negocia apenas as vendas a prazo, deixando as transações à vista fora do contrato. O devedor sempre será notificado, para ciência, sobre a operação de factoring. A partir de então, o pagamento deverá ser feito diretamente ao faturizador.

Modalidades de faturização

Referente às modalidades, a faturização pode ser feita dentro do mesmo país e em uma determinada região – a esse procedimento, dá-se o nome de faturização interna.

De outra forma, operações realizadas fora do país, como por exemplo atividades envolvendo importação e exportação, recebem o nome de factoring exportação. Vale lembrar que essa modalidade oferece mais riscos e encargos ao faturizador.

Contrato

O contrato de faturização, fomento mercantil ou factoring é um contrato atípico, sujeito às normas gerais estabelecidas no Código Civil, pelo qual uma empresa (faturizadora) se obriga a gerir os créditos de outra empresa ou empresário (faturizado) e assume os riscos decorrentes do inadimplemento dos devedores deste último, garantindo o pagamento destes créditos.

É contrato consensual, pois se materializa com a manifestação de vontade, é paritário, comutativo.

O faturizador, de modo geral, dispõe das cláusulas mediante as quais o contrato deve ser elaborado. Contudo, nada impede que ambas as partes possam discutir os termos acertados para que depois o contrato possa ser escrito.

Conclusão

Vimos nesse artigo o que é o contrato de factoring e quais as responsabilidades a serem cumpridas por cada uma das partes. Desse modo, para que o negócio transcorra adequadamente sem que haja prejuízos, é necessário que todos os atores presentes na operação sigam à risca suas obrigações e respeitem o que foi acordado.

sistemas de factoring

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Aniversário Decisão Sistemas | 50% de desconto nas primeiras 2 mensalidades

0
Would love your thoughts, please comment.x