Cedente e sacado: entenda o que é e como funciona

Os termos cedente e sacado ainda são desconhecidos do grande público, muito embora estejam presentes em diversas transações financeiras, sobretudo, pagamentos realizados por meio de boleto bancário.

Desse modo, hoje falaremos de forma mais aprofundada sobre cedente e sacado, explicando o que são, suas diferenças, funcionalidade e etc.

O que é sacado?

Ao emitir um boleto, espera-se que o pagamento seja realizado por uma instituição financeira, cliente ou consumidor. Nesse sentido, o sacado nada mais é do que a parte pagadora, ou seja, a parte responsável por realizar a quitação do boleto.

O que é cedente?

Sob o mesmo ponto de vista, se por um lado o sacado fica responsável por realizar o pagamento do boleto, por outro, o cedente é quem cedeu o crédito e receberá os recursos referente a prestação de serviços ou venda. Em outras palavras, quem receberá o valor estabelecido após o pagamento do boleto.

Vale ressaltar que, assim como o sacado, o cedente pode ser tanto pessoa jurídica quanto pessoa física. Ambas podem fazer a emissão de boletos para pagamentos relativos à comercialização ou prestação de serviços.

Quais são as diferenças entre cedente e sacado?

Agora que esclarecemos o que é cedente e sacado, fica muito mais fácil de compreender em que ponto os dois se diferenciam. Entretanto, para que seu entendimento fique ainda mais sólido, confira uma situação real onde cedente e sacado atuam de forma direta:

Vamos imaginar que você tenha uma loja de calçados online e que a única forma de pagamento disponível seja através de boleto bancário.

Nesse caso, quando o seu cliente imprime o documento e realiza o pagamento, automaticamente ele assume o papel de sacado, ao passo que, por estar recebendo os recursos provenientes da quitação desse boleto, sua empresa se torna a cedente.

Mas, e se fosse o contrário? E se a sua empresa, ao invés de prover produtos ou serviços, estivesse adquirindo-os? Simples, nesse caso os papéis se inverteriam e a sua companhia passaria a ser o sacado.

A seguir, falaremos sobre o que é risco sacado, tópico ainda dentro do tema cedente e sacado e que também merece atenção. Confira.

O que é risco sacado?

Em suma, o risco sacado é um processo de antecipação de recebíveis pela modalidade de cessão de crédito, onde os fornecedores acabam antecipando os valores das contas que têm a receber das transações comerciais com seus clientes.

Alguns atores responsáveis por realizar a antecipação desses recebíveis são bancos, FIDCs, ESCs, factorings… Entretanto, o caixa do próprio sacado pode servir de ferramenta durante esse processo.

Veja que, durante esse processo, o agente financeiro fica responsável por antecipar o valor do recebível com desvalorização ao fornecedor na data solicitada e recebe o valor integral do comprador na data original do pagamento.

Por fim, o nome risco sacado se dá devido ao grau de confiança entre fornecedor e cliente-sacad0, uma vez que o primeiro fica à mercê da reputação e credibilidade do segundo para definir as taxas aplicadas na antecipação. Logo, quanto maior a confiança no sacado, melhores as taxas.

Como funcionam as operações de risco sacado?

Primeiramente, é necessário entender que existem 4 personagens principais envolvidos nessas operações:

  • O sacado (comprador), que tem a obrigação de pagar;
  • O cedente (fornecedor), quem tem o direito creditório a receber;
  • A fonte financiadora, que pode ser uma instituição financeira, um FIDC (Fundo de Investimento em Direitos Creditórios), Factoring ou o próprio sacado se ele dispor de recursos para isso;
  • A plataforma, que vai unir todas as partes e pelo qual vai transacionar essas operações.

Logo, a empresa âncora – que geralmente possui boa relação com as instituições financeiras as quais está conectada – utiliza uma plataforma digital onde todo o processo de antecipação de pagamentos ocorre.

Dessa forma, fica a cargo dos fornecedores entrar nessa plataforma e enviar suas notas, além de solicitar a antecipação e esperar as ofertas de crédito que os investidores presentes ali vão oferecer. Uma vez escolhida a proposta, o capital já fica disponibilizado para o fornecedor.

Por último, assim que os produtos forem entregues, os fornecedores poderão escolher quais notas antecipar.

Quais as vantagens?

Para o cedente

  • Aumento do poder de negociação;
  • Crédito com taxa mais acessíveis;
  • Dinheiro na sua própria conta;
  • Redução do endividamento bancário do fornecedor;
  • Isenção de IOF; Isenção de aprovação de crédito individualizado por fornecedor;
  • Mais dinheiro em caixa no menor prazo (D+0);
  • Menor exposição ao risco do fundo ou banco;
  • Processo 100% automatizado.

Para o sacado

Como se sabe, os sacados, necessitam prolongar pagamentos para dar alívio ao seu fluxo de caixa e melhores condições para compra. Dessa forma, dispor da operação de risco sacado lhe dá a oportunidade e a facilidade para negociar e alongar os prazos de pagamentos com seus fornecedores.

Além disso, o risco sacado estreita relações e fortalece o vínculo devido sua capacidade de prover a sua cadeia de fornecedores acesso a recursos financeiros em momentos de maior necessidade.

Por fim, outra excelente vantagem dessa ferramenta é que ela permite rentabilizar seu caixa, à medida que usa os próprios recursos do sacado para a antecipação.

Qual o papel dos bancos com o cedente e sacado?

O papel exercido pelas instituições bancárias com relação às transações de cedente e sacado é muito importante, se formos considerar que são elas que executam a cobrança e toda a parte burocrática como cálculo de juros, multa e demais encargos relacionados ao pagamento do boleto.

Desse modo, logo que o pagamento é realizado, o banco recebe o valor e fica responsável por transferir a quantia diretamente para a conta bancária do cedente.

Em grande parte dos casos, o beneficiário só pode fazer a emissão de boletos pelo banco caso ele tenha uma conta aberta na instituição. O cedente e sacado é importante em diversos pontos do mercado financeiro, seja você pessoa física ou pessoa jurídica.

Gostou do texto? Então não deixe de ler estes artigos que separamos e que possa te interessar:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x